terça-feira, 12 de dezembro de 2006

Jacarandá (Jacaranda mimosifolia)


Mesmo ao virar da esquina da minha rua, outra espécie de árvore espreita. Agora trata-se do Jacarandá (Jacaranda mimosifolia).

Infelizmente vulnerável à extinção na sua área de origem (Noroeste da Argentina e Bolívia) é contudo uma das árvores ornamentais mais plantadas em todo o mundo. A sua exuberante floração azul-violeta é certamente um dos grandes motivos para tal.

No nosso País é muito utilizado, em especial em Lisboa e noutras cidades mais a Sul, dado que suporta bem a falta de água estival (pior as frias geadas invernais). Mas no Porto e noutras cidades do Norte também há jacarandás lindos!

É uma árvore de crescimento relativamente rápido, em que a folha é composta de 25-30 pares de folíolos, fazendo lembrar uma "mimosa" donde lhe vem emprestado o nome da espécie: "mimosifolia".

Esta folha cai na Primavera e a floração - as tais exuberantes flores tubulares - dá-se depois em Maio/Junho; o fruto é lenhoso e faz lembrar uma castanhola enrugada.

As que plantaram à pouco tempo na rua têm já cerca de 5/6 m de altura e um perimetro do tronco à altura do peito de 14/16 cm. Vamos acompanhar a adaptação, por enquanto estão globalmente bem.

Aguardemos então Maio, na esperança que a rua já venha a ter a cor lilás quando se olhar para o ceú...

5 comentários:

João Tito Basto disse...

Também é mesmo ao virar da esquina da minha rua, somos seguramente vizinhos! O Jacarandá é uma árvore linda mas não é aconselhavel estacionar carros por baixo delas no Outono.

Ana Lobo disse...

Jorge Cancela
Permito-me dizer-lhe: desde que descobri o seu blogue, a partir do Dias com Árvores, passei a consultá-lo todos os dias. Encontrei nele os nomes e as especificações de algumas árvores que procurava.
Não desista, é importante conhecermos as árvores da nossa cidade e país. E eu espero saber mais lendo/vendo o seu blogue.
Obrigada
Ana Lobo

Jorge disse...

Ana Lobo,

fiquei sensibilizado com o seu mail...muito obrigado pelas suas palavras e pelo interesse que tem pelo blog, e muito mais importante, pelas árvores, das quais se vê que é entusiasta.

Realmente abrandei a "produção"; não por falta de temas mas por falta de tempo...estive para fora e para a semana também vou estar, pelo que só terei um bocadinho neste fim-de-semana para me entreter.

Espero continuar a ter o privilégio da sua visita e postar entradas que continue a considerar interessantes.

Muito obrigado de novo.

Um abraço, Jorge Cancela

um barco na ponta da língua disse...

Caro Jorge Cancela:

Saberá dizer-me a partir de que data os jacarandás começam a ser usados como árvores ornamentais no nosso país?

E qual será o jacarandá mais antigo ainda preservado em Portugal?

Um abraço,

Susana Neves

Vera disse...

Não sei se serão os mais antigos, mas seguramente já se econtram lá há muito tempo, os jacarandás do Instituto Superior de Agronomia, Tapada da Ajuda em Lisboa, no cimo da rampa da rua Jau, são fenomenais na altura da floração...
Cumprimentos e parabéns pelo Blog